Funções cognitivas e o envelhecimento: O que acarreta quando há um déficit dessas funções. Como tratar.

//Funções cognitivas e o envelhecimento: O que acarreta quando há um déficit dessas funções. Como tratar.

Fale Conosco: 0800 704 8303

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages
Filter by Categories
Blog
Eventos

Fale Conosco:

0800 704 8303

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages
Filter by Categories
Blog
Eventos

Funções cognitivas e o envelhecimento: O que acarreta quando há um déficit dessas funções. Como tratar.

A cognição é a habilidade que temos para assimilar e processar as informações que recebemos de diferentes meios (percepção, experiência, crenças, etc.) para que sejam convertidas em conhecimento. Inclui diferentes processos cognitivos, como a aprendizagem, percepção, atenção, memória, linguagem, raciocínio, tomada de decisões, etc., que fazem parte de nosso desenvolvimento intelectual e experiências.

Sabe-se que o fato de envelhecer acarreta alterações na velocidade de processamento das informações, levando um tempo maior para processar (ler, compreender e memorizar) dados. Assim, o envelhecimento saudável está diretamente relacionado a muitos fatores psicossociais, como família, educação, cuidados com a própria saúde, além da motivação e iniciativa da própria pessoa. No decorrer do processo de envelhecimento são comuns queixas relacionadas ao esquecimento e essa preocupação aumenta ainda mais quando esses esquecimentos prejudicam nossas relações sociais ou quando atrapalham em tarefas importantes.

No processo de envelhecimento natural há uma deficiência de magnésio. A falta ou diminuição de magnésio no cérebro acarreta uma diminuição das funções cognitivas e uma piora no quadro da Doença de Alzheimer.

O Magnésio na forma de L-Treonato atravessa a camada hematoencefálica, tornando biodisponível o magnésio que irá penetrar nos neurônios, aumentando a densidade do tecido cerebral. Estudos confirmam que outras formas de magnésio não têm acesso significativo no sistema nervoso central.

O Magnésio L-Treonato melhora a função cognitiva através de sua concentração elevada no líquido encéfalo raquidiano, proporcionando um aporte maior do treonato e do magnésio no hipocampo, melhorando a densidade e a função neuronal.

Saiba mais sobre o Magnésio L-Treonato.

 

Fonte:

– Cognifit – Centro de pesquisa e informação em ciências cognitivas

– Profile of cognitive abilities in normal aging , Souza VL, Borges MF, Vitória CMS, Chiappetta ALML

– Material técnico do fabricante

2018-01-23T14:22:32+00:00

About the Author:

Deixe seu comentário